terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Panelaços



O povo portenho é um povo politizado.

Discussões sobre política podem durar horas durante os "asados" (churrascos) de fim de semana, e acabar em brigas e mágoas. Às vezes os amigos preferem, logo no início dos encontros, definir que as discussões sobre política e religião estão proibidos para manter a paz...

Em 2001, a crise financeira local atingiu níveis históricos e o governo do ex presidente Fernando de La Rua decretou o confisco dos depósitos bancários. Esta medida gerou uma imediata reação do povo das grandes cidades.

Em Buenos Aires as pessoas saíram às ruas batendo panelas, buzinhando, cortando o tránsito nas avenidas... Como tantas outras vezes na história política argentina, o centro das manifestações populares foi a Plaza de Mayo, onde está localizada a Casa Rosada, sede do governo federal.









Aos reclamos pacíficos iniciados pela classe média portenha, começaram a se incorporar setores violentos. A polícia reagiu e começou alí na Plaza de Mayo um terrível conflito armado que causou a morte de dezenas de argentinos.



O incidente foi tão grave e tão mal administrado pelo presidente De La Rua que no dia 20/12/01 ele comunicou sua renúcia à presidência, e fugiu da Casa Rosada de helicóptero, o que foi registrado pelas cameras de TV e foi amplamente criticado pela população.

6 comentários:

Danizc disse...

Tu és argentino mesmo? Como foi que aprendeste a escrever tão bem em portugues? (agora sem acento pois passamos pela ridícula nova orientação gramatical).

Gostei muito do blog, serei assídua( azar vou continuar colocando acento nas palavras, assim como minha vó que usava o PH no lugar do F).

Sergio Casoetto disse...

Sou argentino, sim! O caso é que moro no Rio há mais de 4 anos, e adoro línguas. Estudar português com a minha professora baiana (ainda em Buenos Aires) foi uma festa.
Que bom que gostou do blog! Espero suas visitas frequentes (sem trema) e seus comentários. Não esqueça também de deixar seu voto depois de cada post (me apaixonei - gostei - não gostei).
Até onde eu sei, nem todos os acentos foram eliminados com o novo acordo ortográfico. Acho que português fica com acento mesmo.

Sergio.

Odila Luzia disse...

Ola, Sergio!
visitei seu blog pq vou pra BAires semana q vem! gostaria de ver antes o q ha de mais interessante pra nao perder tempo! boas informacoes e, c certeza, visitarei sempre!
um abraço
Odila

Sergio Casoetto disse...

Odila,
Que bom que vai para Buenos Aires. Espero que goste e se diverta muito.
Sugiro você visitar o portal de turismo da cidade: www.bue.gov.ar.
Ele é realmente muito bom e está disponível em espanhol, inglês e português. Depois me conta como foi a experiência!
Sergio.

Geraldo Brito / Dado disse...

O panelaço é uma manifestação de indiganação popular admirável dos argentinos. Uma expressão valorosa pela busca dos direitos e democracia.

Ps. Legal seu blog!

Po panelaço es una mani

Sergio Casoetto disse...

Panelaço é tudo de bom! Foi bem adotado pelos portenhos mas suas origens estão no Chile, sabia?
Obrigado por visitar o blog e por comentar!

Sergio.